Sinopse

Zezinho é um menino que mora e trabalha em um lixão. Com seu único e
melhor amigo, o cachorro vira-lata Pelim, com quem divide seu trabalho,
mas também, suas brincadeiras, risadas, moradia, comida e seus sonhos.
Principalmente o sonho de voar balão. Só que, para isso, ele precisa de
um sapato porque não se pode entrar na cesta do balão descalço.

Ficha Técnica

Concepção

Cia. Variante

 

Dramaturgia

Tati Takiyama

 

Encenação

Danilo Mora

 

Elenco

Danilo Mora

Samantha Verrone

Tati Takiyama

 

Composição Musical
Danilo Mora
Tati Takiyama

 

Cenário

Concepção e marcenaria: Danilo  Mora Grafite: Aquino Supertramp

   

Figurino

Concepção: Rafael Bicudo Confecção: Rita Moraes

 

Bonecos

Danilo Mora  

     

Instrumentos Musicais com materiais de reuso

Danilo Mora

Luz:
Thatiana Moraes

 

Som:
Yuri Melo

 

Suporte de produção

Agnes Bordin
Rita Moraes
Renan Vinicius

 

Fotografia e Arte Gráfica

Thiago Takiyama

 

Suporte Jurídico
Angélica Antunes

 

Transporte

Renato Medeiros

 

Release

O premiado Zepelim (ou O balão que nunca existiu) fala sobre crianças à margem de uma sociedade, fala de fome, preconceito, sonhos, exploração do trabalho infantil e amizade. Afim de explorarmos a experiência do espectador, criamos cenas onde a narração se faz presente, usando uma estética brechtiana, e em alguns momentos propomos cenas não verbais, em outros, cenas com bonecos, tudo isso sempre amarrado com música feita ao vivo e composta originalmente para o espetáculo.

Todos os objetos cênicos e cenário foram construídos a partir de materiais de reuso/recicláveis, para dar ainda mais profundidade à essa pesquisa sobre esse menino que mora em um lixão.

O espetáculo foi vencedor do Prêmio Aplauso Brasil como Melhor Espetáculo para o Público Infantil e Jovem de 2017, que foi o ano de sua estreia e desde então circula em festivais, unidades do SESC e SESI.